PROFESSORES MUNICIPAIS DE BARAÚNA PODEM ENTRAR EM GREVE

Docentes rejeitaram proposta de reajuste de 5%, feita pela prefeita Lúcia Nascimento e poderão paralisar as atividades nos próximos dias.

Os professores da rede municipal de ensino de Baraúna poderão entrar em greve nos próximos dias. Uma parada já está certa para a próxima quarta-feira, 18/3, quando haverá greve nacional da educação. Na oportunidade, haverá nova assembleia, em que poderá ser tirado indicativo de greve.

Os docentes baraunenses lutam pela correção do Piso Salarial Profissional do Magistério, cujo percentual pra 2020 é de 12,84%.

Em assembleia promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Baraúna (SINDSERB), no último dia 10 de março, os professores deliberaram por recusar a proposta de reajuste de 5% feita pelo Poder Executivo local.

Os docentes aprovaram a elaboração e envio da seguinte proposta à prefeita Lúcia Nascimento (PR): atualização dos processos de mudanças de letra e reajuste de 10% do Plano do Magistério.

Segundo o presidente do SINDSERB, Lairton Viana, a categoria aguarda resposta da administração municipal e poderá deflagrar greve por tempo indeterminado nos próximos dias.

FONTE: Portal do RN

Compartilhe!

Comente!